Avaliação. Indicadores de impacto

A avaliação do sucesso do financiamento e/ou a fiscalização para efeitos da sua atribuição deverá ser realizada, por uma “comissão de aconselhamento científico” designada para o efeito pela entidade coordenadora. A avaliação terá um caráter periódico a definir pela entidade coordenadora de C&T. A referida comissão deverá ser constituída por avaliadores externos e independentes.

A avaliação realizar-se-á tendo por base a análise de indicadores, como o número de investigadores, o número, a qualidade e a relevância/interesse pública das instalações piloto, o número de registo, patentes e desenvolvimentos, as parcerias investigação-empresa, o impacto económico da investigação, o número de publicações, ou outros fatores de ponderação específicos da área. Na tabela 5 propõem-se alguns dos indicadores de impacto a utilizar na avaliação da eficácia do financiamento e procura-se fazer um levantamento da situação atual. O levantamento da situação atual demonstra a necessidade de desenvolvimento de metodologias de apuramento de alguns dos indicadores de impacto para os quais não foi possível recolher dados ou identificar fontes de informação validada.

Tabela 5. Proposta de indicadores de avaliação de impacto eficácia do financiamento na área de Bio-sustentabilidade, e levantamento da situação atual, tendo por base os dados disponibilizados pelas entidades envolvidas.

Indicadores

1999/09

2014/20

Doutorados

14

34

Doutorandos

9

20

Mestrandos

nd

60

Nº de ações programáticas

nd

7

Nº de projetos aprovados e financiados

10

14

Montantes globais, M€

nd

35,3

Nº de coleções científicas

6

6

Nº de espécimes em coleção

nd (3500)

nd

Nº equipamentos ou instalações piloto

nd

nd

Desenvolvimentos tecnológicos e modelos

4

4

Patentes

5

10

Artigos em revistas indexadas ou ISBN

68

98

 Prémios

nd

nd

Indicadores de produtividade

nd(600)

nd

Indicadores de impacto económico

nd (0,3 vs 2,0€)

nd

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Top