Cooperação Internacional

A cooperação internacional pode sempre ser conseguida com base nos contactos já existentes entre as entidades nacionais envolvidas nos projetos e as entidades internacionais que desenvolvem investigação na área das infraestruturas. Neste sentido, para uma mais vasta cooperação internacional, é importante uma boa e eficiente cooperação regional e nacional.

Na RAM as parcerias nesta área de intervenção deverão ser entre o LREC, a UMa e as empresas do sector que direta ou indiretamente tenham interesse, experiência e conhecimento para o desenvolvimento de projetos de investigação como os propostos.

As parcerias com entidades nacionais que desenvolvam investigação neste domínio deverão ser concretizadas sempre que possível. Alguns exemplos de entidades que já colaboraram com a RAM são: LNEC; IST; FEUP; UMinho; INESC Porto, Laboratório Associado.

No contexto internacional, a UMA já iniciou um processo de parceria com a Carnegie Mellon University (CMU) no âmbito de um mestrado que oferece na área de Sistemas Avançados de Infraestruturas. Dada a experiência e o know-how desta Universidade neste domínio, é de todo o interesse que se prossiga e que se concretize uma colaboração para o desenvolvimento de projetos de investigação e de um mestrado com grau duplo CMU / UMa.

Países como os Estados Unidos da América e Alemanha devem ser privilegiados no estabelecimento de parcerias com as respetivas universidades, empresas e outras entidades que desenvolvem a sua atividade direta ou indiretamente relacionada com infraestruturas. Países como os enumerados, possuem um enorme e diversificado conjunto de infraestruturas pelo que já dispõe de conhecimento e experiência avançadas na área da sustentabilidade, gestão e manutenção destes importantes elementos da sociedade.

Deixe uma resposta

Top