Anexo – Proposta de programas de ação

Tabela 4a. Proposta de programas de ação, projetos em consórcio a desenvolver, durante o período de 2014/20, de acordo com os objetivos estratégicos propostos para a área de Biodiversidade e sustentabilidade

Descrição Prazos Promotores/ Parcerias Recursos humanos Resultados Orçamento, m€
Prospeção e avaliação da Biodiversidade Marinha e avaliação do impacto das alterações climáticas 5 anos
  • Promotor: Consórcio Mar
  • Parceiros: EBMF/MMF, UMa, DSIP, MBM, PMEs, Centros de Investigação, PNM
  • Reforço/qualificação de RH nas entidades I&D
  • Recrutamento doutorados e mestres
  • Objetivos da DQEM
  • Quantificação dos impactos das alterações climáticas
  • Estabelecimento de programas de monitorização
4931,94
Prospeção e avaliação da Biodiversidade terrestre e avaliação do impacto das alterações climáticas 5 anos
  • Promotor: Consórcio Terra
  • Parceiros UMa, MMF, Jardim Botânico da Madeira; Laboratório Agrícola da Madeira; PME’s, Centros de Investigação, PNM
  • Reforço/qualificação de RH nas entidades I&D
  • Recrutamento doutorados e mestres
  • Objetivos das Diretivas Habitats e Aves
  • Quantificação dos impactos das alterações climáticas
  • Estabelecimento de programas de monitorização
4315,45
Prospeção da agrodiversidade e estudo e avaliação do impacto das alterações climáticas sobre os recursos e sistemas agrícolas 5 anos
  • Promotor: Consórcio Agro
  • Parceiro: mínimo 3 entidades distintas (UMa, DRADR, Laboratórios Regionais, Agricultores)
  • Parcerias: entidades de I&D da Macaronésia (UA/ ULL)
  • Reforço/qualificação de RH nas entidades I&D
  • Recrutamento doutorados e mestres
  • Objetivos do PAM e do TIRGAA
  • Conservação dos recursos genéticosValorização dos recursos locais
  • Quantificação dos impactos das alterações climáticas
  • Monitorização de pragas e doenças
  • Adaptação da agricultura regional às condições agrícolas futuras
  • Desenvolvimento de culturas, variedades e técnicas adaptadas às condições agrícolas às condições futuras
4007,20
Estudo sistemático do estado de exploração e avaliação dos stocks haliêuticos explorados pela pesca comercial da R.A.M. 3-4 anos
  • Promotor: Consórcio Recursos MarParceiros: DSIP, EBMF, UMa.Parcerias: IPIMAR, FCL
  • Reforço/qualificação de RH nas entidades I&D
  • Recrutamento doutorados e mestres
  • Formação avançada na área da Biologia Pesqueira
  • Inventariação exaustiva e sistemática do estado de exploração e avaliação dos stocksdos recursos haliêuticos
  • Obtenção de indicadores e pontos de referência biológicos necessários à gestão do setor
4931,94
Desenvolvimento e implementação de um modelo de desenvolvimento sustentável para o setor das pescas 5 anos
  • Promotor: Consórcio Pesca
  • Parceiros: DSIP, UMa, PNM, EBMF, MBM, PMEs, Centros de Investigação, Outras Universidades
  • Reforço/qualificação de RH nas entidades I&D
  • Recrutamento doutorados e mestres
  • Desenvolvimento do modelo
  • Experiências piloto de implementação
  • Desenvolvimento e implementação de um subprojecto de Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) no setor
3390,71
Utilização dos recursos locais e/ou os seus componentes em processos produtivos e diversificação da economia local 3 a 4 anos
  • Promotor: Consórcio Recursos Terra, Empresas.
  • Parceiros: mínimo 3 entidades distintas (Universidade, Laboratórios Regionais, PMEs)
  • Emprego científico qualificado nas empresas
  • Recrutamento doutorados e mestres
  • Desenvolvimento de processos tecnológicos
  • Aumento da matéria-prima local nos processos produtivos do setor primário e transformador (criação de riqueza)
  • Criação de marcas e produções locais
  • Proteção de recursos genéticos
6164,93
Formação avançada de RH na área: Biodiversidade e/ou  Desenvolvimento e Sustentabilidade 6 anos
  • Promotor: UMa
  • Parceiros: outras entidades regionais
  • Parceiras: Universidades rede UNAMUNO
  • Qualificação de RH
  • Nº Doutorados: 20
  • Nº Mestrados: 60
3082,46

Observações: Prevê-se a constituição formal de consórcios para a biodiversidade terrestre e para a biodiversidade marinha, que atuarão como promotores dos projetos. Abreviaturas: DRADR, Direção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural; EBMF, Estação de Biologia Marinha do Funchal; JBM, Jardim Botânico da Madeira; DSIP, Direção de Serviços de Investigação de Pescas; MBM, Museu da Baleia da Madeira.
PAM, Plano Ação Mundial para os recursos genéticos para a Agricultura e Alimentação; TIRGAA, Tratado Internacional para os Recursos Genéticos para a Agricultura e Alimentação; DQEM, Diretiva Quadro Estratégia Marinha.

Deixe uma resposta

Top